Mães e amigas

Tenho uma amiga de infância que amo, a Patrícia. Nos conhecemos quando eu tinha 13 anos.Morávamos no mesmo prédio. Fomos melhores amigas durante anos....depois a vida nos separou durante um período e voltamos a nos reencontrar no dia que eu soube que sua mãe a Olga havia falecido!
A Olga era amicíssima da minha mãe. As duas passavam as tarde juntas, saiam juntas. Me lembro que qdo minha mãe quebrou a coluna( isso mesmo, minha mãe quebrou a coluna!) teve que ficar imobilizada durante 8 meses, aí a Olga ía lá em casa e as duas faziam crochê juntas. Uma cena muita clara na minha mente. As duas fizeram um laço de amizade muito bonito, igual ao meu e da Pá.
Me lembro quando dormia na casa dela, a Olga levava café com leite e pão na chapa na cama pra gente....
No momento em que soubemos do falecimento da Olga ( só soubemos muito tempo depois) a tristeza nos invadiu. Toda minha família ficou muito triste, mas a minha mãe ficou mais....a amiga dela não estava mais por aqui....tanta coisa deixou de ser feita e dita....

Hoje a Patrícia postou esse texto no Face Book. Triste, real, forte, marcante, saudosista e acima de tudo verdadeiro.
E por ser tão lindo, ofereço à minha mãe (Ivone) que Amo tanto e que é a pessoa mais meiga, delicada e amiga que conheço. Apesar da aparente fragilidade é uma fortaleza, a minha fortaleza....que me ampara, me ajuda, me acarinha e me ama de qualquer forma. Se não fosse ela eu não teria a força que tenho.... e à sua amiga Olga, mãe da minha amiga e que foi tão importante pra minha mãe....e a todas as mulheres que são, foram ou serão mães e pra filhas que amam suas mães!

Mãe...
Mãe não entende se você não come tudo que está no prato.
Mãe não aceita desculpas do tipo 'Se os outros podem, por que eu não posso?'.
Mãe responde: 'Os outros não são meus filhos'.
*****
Mãe adora ouvir o barulho da fechadura quando o filho chega.
Mãe tem cheiro de banho, tem cheiro de bolo, tem cheiro de casa limpa.
*****
Mãe fica assustada quando vê o caso daquela modelo que morreu de anorexia:
'Eu já falei pra você comer tudo!'
Mãe fica assustada quando lê notícia de assalto.
Mãe fica assustada quando lê notícia de acidente.
Mãe fica assustada quando lê notícia de briga.
Mãe fica assustada quando lê notícia.
Mãe fica assustada.
*****
Mãe não está nem aí para o que os outros pensam.
Mãe foge com o filho para o Egito, montada num burrico.
Mãe tem sonho.
Mãe tem pressentimento.
Mãe tem sexto sentido e sétimo, oitavo, nono, décimo.
Mãe não faz sentido (para quem não é mãe).
*****
Mãe chora ao pé da cruz.
Mãe chora em rebelião.
Mãe chora se o filho é messias ou bandido..
Mãe acredita.
Mãe não pode ser testemunha no tribunal.
Mãe é café com leite.
Café com leite, pão com manteiga, biscoito, bolacha de água e sal, banana cozida.
E ainda faz você levar um pedaço de bolo pra casa.
*****
Mãe só tem uma, mas é tudo igual.
Mãe espera o telefone tocar.
Mãe espera a campainha tocar.
Mãe espera o resultado do vestibular.
Mãe espera o carteiro.
Mãe moderna espera e-mail.
Mas espera.
Mãe sempre espera.
*****
Mãe ama. Ama incondicionalmente!
Assim, verbo intransitivo, como queria Mário de Andrade.
Porque, se é mãe, já se sabe o que ela ama.
A culpa é da mãe, dizem os freudianos superficiais.
Os verdadeiros freudianos sabem que, sem mãe, nada feito.
*****
Uma amiga costuma dizer: 'Pai é palhaço, mãe é de aço'.
A frase é interessante, porque o aço é uma liga de ferro e carbono.
Ferro é o símbolo da força; carbono é o elemento presente em todos os organismos vivos.
A mãe constitui a liga entre a fragilidade e a força do indivíduo.
Não há algo mais vulnerável e mais sólido que a maternidade.
Mãe é de aço.
*****
A esta altura, você deve estar perguntando:
'Mas por que esse cara está falando tanto de mãe?'
A verdade é que eu não sei.
Talvez seja porque a palavra mãe não tenha equivalente.
Já notaram? Mãe só rima com mãe.

(autor desconhecido)

Essa é minha mãezinha...


E Essa é a Olga...faz 6 anos que não está mais aqui....

4 comentários:

  1. Chorei de novo e de novo e de novo...

    ResponderExcluir
  2. E eu só choro também...
    Rô Scatolini

    ResponderExcluir
  3. Fernanda,
    Cheguei a pensar que entendia de mãe, só porque tenho a minha mãe, linda de viver, na alegria de seus 92 aninhos. Hoje sei que entendo só um pouco de mãe, porque aprendi que é impossível entender a origem e a razão de tanto amor, tanta dedicação. Que não seja heresia dizer que Jesus veio ao mundo através de Maria, mesmo sendo filho de Deus, porque PRECISAVA do amor de uma mãe para aprender a amar infinitamente a humanidade, doando a própria vida por esse amor.
    Eu e Nely dedicamos hoje nosso comentário à Sra. Ivone, que nos encantou e nos comoveu naqueles dias de radioterapia da Mari. Nos momentos em que ela se via sozinha na sala de espera, ao ouvir o choro da netinha querida entregue aos enfermeiros, seus olhinhos demonstravam toda sua ternura e preocupação. Não vimos Dª Ivone chorar, porque seus lábios sempre sorriam, um sorriso de resignação e de esperança. A cena sempre se coroava com a comunhão de mãe e filha, num quente e significativo café. Ah! Dª Ivone, como gostaríamos de voltar no tempo para abraçar você naqueles momentos, fazer mais presente a nossa companhia, roubar um pouco desse seu sorriso e partilhar, com o calor dos nossos corpos, o doce amor que também nós sentimos por sua netinha.
    Deus a proteja, querida vovó Ivone. Nós amamos você. Beijos.
    João e Nely.

    ResponderExcluir
  4. Fê, sua mãe é daquelas pessoas que não sabemos se deitamos no colo ou à colocamos em nosso colo. Um gande bj no coração de vcs... fala pra q ela é um pouquinho minha mãe tb. Elis.. saudade da comida dela ntes da facul...

    ResponderExcluir